Blog

3° SACI apresenta mais de 40 projetos inovadores

Por Rafaela Fleur.

Com novo modelo de exposição, os projetos tiveram 5 minutos para serem apresentados

Uma tarde inteira dedicada  à exposição de projetos, com direito a muito bate-papo e pausas para o café. Foi exatamente isso que aconteceu na última quinta-feira, 26, no 3° SACI (Seminário Aberto de Criação e Inovação). Promovido pelo IHAC-Labi (Laboratório de Inovação do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos), o evento idealizado e coordenado pelo professor Paulo Gomes estabeleceu 5 minutos para que cada iniciativa fosse apresentada. “A ideia é que todos apresentem suas propostas e a platéia faça perguntas, apresente soluções”, afirmou Gomes.

Nós do Logos estivemos lá para nos apresentar e contamos um pouco do que presenciamos lá.

Rede Logos

Imagine que você é estudante universitário com um projeto incrível na cabeça, porém, sem recursos para fazer ele acontecer. Imaginou? Pois a Rede Logos é a solução para resolver o impasse. Já em funcionamento, a primeira plataforma de financiamento coletivo universitário do Brasil é  voltada para a produção artística e cultural das universidades. A Rede possui uma moeda própria (os chamados Logos) e os benefícios acontecem mutuamente, como em uma troca de favores. Na plataforma existem 3 perfis diferentes: produtor, investidor e colaborador. De forma geral, o produtor é quem idealiza o projeto, o colaborador oferece serviços e o investidor disponibiliza materiais. Para maiores informações e para se cadastrar no projeto.

AIS – Agência de Inovação Social

“Queremos trazer a problematização para dentro da universidade”. Essa foi a frase do professor Horácio Hastenreiter, idealizador da Agência de Inovação Social da UFBA. Na contramão da inovação tecnológica, o objetivo é garantir que diferentes pesquisadores e grupos da UFBA desenvolvam estudos e pesquisas de intervenção em territórios baianos. Para fortalecer a cultura do empreendedorismo social, a Agência se propõe a ser um “laboratório vivo” onde a agenda de inovação seria estimulada pelas demandas sociais.

Ocupa, Preto

Autodenominado como um “conciliador de histórias e emoções”, o projeto tem como principal objetivo lutar contra todo tipo de racismo e opressão. Composto apenas por pessoas negras, o projeto foi criado pelo blogueiro e aluno do Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades da UFBA, Ícaro Jorge. Buscando produzir e divulgar conteúdos relevantes sobre o combate ao preconceito, o grupo também realiza workshops, palestras e oficinas como forma de resistência. Atualmente, o “Ocupa, Preto” conta com 3 iniciativas: #OcupaeConversa,  #Mesavivências, #Deixaafavelaviver. “Queremos nos formalizar como uma ONG”, afirmou Ícaro.

LLAB

Em funcionamento desde 2016, a LLAB busca soluções de monitoramento de processos e ferramentas inovadoras de organização de dados, disponibilizando dashboards e desempenho de indicadores para aumentar a eficiência das empresas. A LLAB, em parceria com a Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da UFBA, desenvolveu o “UFBA Segura”, aplicativo baseado em georreferenciamento para mapeamento estatístico de ocorrências e sugestões de melhoria na segurança.

AppDrinks

Imagine que você vai dar uma festa e precisa comprar as bebidas. Ir em depósitos ou pesquisar preços em supermercados? Não mais! O AppDrinks é uma plataforma de vendas de bebidas que traz a comodidade das compras online, ou seja, você consegue selecionar tudo pela internet e com o preço igual ou menor ao do mercado. O aplicativo é programado pela Startonapp, uma agência de tecnologia direcionada ao desenvolvimento de aplicativos iOS, Android e Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *