Blog

Seminário na UFBA discute Políticas e Mercado do Audiovisual na Bahia

Por Glenda Dantas.

O evento pretende abordar aspectos como políticas de fomento, editais e os diversos segmentos do setor

Políticas de fomento, editais e diversos segmentos do mercado de audiovisual baiano na atualidade serão debatidos no Seminário Políticas e Mercado do Audiovisual na Bahia. Com entrada gratuita, o evento acontecerá nas próximas sextas, 19 e 26 de janeiro, das 8h30 às 12h30, no Auditório do Pavilhão de Aulas Glauber Rocha – PAF III da UFBA, em Ondina.

Durante o evento, profissionais do setor compartilharão suas experiências nos variados elos da cadeia produtiva. Também estarão presentes pesquisadores e estudiosos que se debruçam sobre aspectos como as principais legislações vigentes para o segmento. A proposta é refletir sobre o panorama do setor audiovisual na Bahia, a partir de suas interseções com as políticas culturais, enfatizando o momento político, artístico e social atual.

No dia 19 serão debatidos além do panorama e das políticas para o setor, o mercado de games, a produção para o cinema e séries para TV. Já no dia 26, será a vez de tratar assuntos como distribuição, exibição e novas janelas para o audiovisual.

A atividade é realizada pela Faculdade de Comunicação (Facom), Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT), Instituto de Artes Humanidades e Ciências Prof. Milton Santos (IHAC) e UFBA.

Para a obtenção de certificados, é necessário se inscrever por meio do formulário disponível aqui e comparecer nos dois dias do evento. O espaço estará sujeito a lotação.

Programação:

19/01: Mesa políticas, mercado e produção audiovisual

Convidados: André Araújo (Laboratório Audiovisual/ NordesteLAB); Solange Lima (Araçá Azul); João Rodrigo (DocDoma); Lynn Alves (Comunidades Virtuais – Universidade do Estado da Bahia)

26/01: Mesa distribuição, exibição, novas janelas e festivais

Convidados: Adriano Big (Mostra Para Além dos Seios); Gabriel Amaral (Laboratório Audiovisual/ NordesteLAB); Marcelo Sá (Sala de Arte – UFBA); Erick Paz (Frases de Mainha); Leonardo Bião (Unijorge/FECIBA)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *