Blog

Estudantes do BI em Saúde desenvolvem o aplicativo InfoPANCs

Por Kelven Figueiredo.

A iniciativa pretende promover a alimentação com plantas comestíveis não convencionais. O app conta com informações nutricionais, receitas e dicas para criação de hortas

Estudantes do BI em Saúde da UFBA desenvolveram um aplicativo nominado InfoPANCs. A iniciativa pretende dar mais visibilidade a alimentação com plantas comestíveis, no entanto não convencionais. Além de difundir conhecimentos sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANC). O aplicativo já disponível para baixar gratuitamente na PlayStore conta com informações de quase 20 plantas catalogadas. A maioria delas são comercializadas na Feira Agroecológica da UFBA, que acontece no Campus de Ondina todas as sextas-feira.

A ideia surgiu a partir dos estudos orientados pelo professor Emerson Andrade Sales na matéria QUIB 31 – Energia e Sociedade. Uma das iniciativas que compõem a ação proposta na matéria é o aplicativo InfoPANCs, onde encontram-se informações nutricionais dessas plantas não convencionais, receitas, além de dicas de como iniciar uma horta caseira, composteiras e até minhocário. As receitas e dicas utilizadas no InfoPANCs foram retiradas de alguns artigos e sites da internet.

O grupo criador do app conta com 10 alunos. Eles realizaram entrevistas na fila do RU, com degustações das receitas propostas no aplicativo, para saber o que os entrevistados  achavam do sabor e da ideia de incorporar as receitas no cardápio do restaurante. O grupo contou com a colaboração do estudante de Ciência e Tecnologia, Thales Macedo que ajudou na programação.

“Nós tivemos  um feedback positivo dos alunos e muitos deles aprovaram e disseram que com certeza comeriam se estivesse disponível no cardápio do RU”, afirmou o estudante Rogério Smith. Como prova disso, na pesquisa realizada, 98% dos alunos entrevistados disseram que recomendariam a inserção de PANC no cardápio do RU, após a degustação.

Dos 50 estudantes entrevistados apenas 8%, sabiam do que se tratavam as PANC, o que demonstra que apesar dos esforços de divulgação na Feira Agroecológica, ainda é preciso fazer mais para a disseminação do conhecimento acerca dos benefícios para saúde e do valor nutricional dessas plantas.

As PANC são plantas que não comemos por falta de costume ou de conhecimento de que podem ser consumidas. Grande parte das espécies são denominadas ‘mato’, ‘daninhas’, ‘invasoras’ e até ‘nocivas’ por brotarem espontaneamente entre as plantas cultivadas ou em locais onde não “permitimos” que isso ocorra. O que poucos sabem é que essas espécies possuem alto valor nutritivo e, muitas vezes, são negligenciadas por grande parte da população e do poder público.

Além das partes de plantas não convencionais, o app também trata das partes não convencionais de plantas comuns, como o uso das folhas de batata-doce e do mangará (coração) da bananeira na alimentação. Essas plantas possuem potencial para complementação alimentar, promovendo a diversificação dos cardápios e dos nutrientes ingeridos e na diversificação das fontes de renda familiar, como a venda de partes das plantas ou de produtos processados (geleias, pães, farinha, etc) e ainda através do turismo, rural ou gastronômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *